Mãe suspeita de estuprar e torturar filha de 7 anos é presa

Foto: Diego Reis-PCERJ

Uma mulher de 44 anos, mãe de uma criança de 7 anos foi presa suspeita dos crimes de estupro de vulnerável e tortura, praticados contra a sua própria. O caso é investigado pela Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (Dcav).

Segundo a investigação, ela permitia que homens que frequentavam sua casa praticassem sexo e outros atos libidinosos com a criança. Dentre os suspeitos, estão o avô de consideração e o próprio pai da menina. O nome do bairro onde aconteceram os crimes foi foi divulgado. 

Em 5 de dezembro, a mulher foi presa inicialmente em flagrante, na Central de Garantias, pelo crime de maus tratos contra a criança. Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, a teria levado a criança a uma unidade de atendimento médico, alegando que a mesma havia se ferido em uma queda.

Os profissionais da área da saúde observaram que as lesões não eram compatíveis com o alegado pela mãe e, por isso, acionaram a polícia. O delegado de plantão autuou a mãe em flagrante pelos maus tratos e, por terem sido observadas lesões sugestivas de abuso sexual na criança, encaminhou nova investigação, desta ver por estupro, para a DCAV.

Em audiência no dia seguinte, a mãe da criança conseguiu o direito de responder pelo crime em liberdade. Após reunir novas provas, a delegada Juliana Emerique de Amorim Coutinho pediu a prisão da suspeita, que foi decretada pela Justiça. A mãe, então, foi presanovamente. A data exata da nova prisão não foi divulgada.

A criança segue internada, sem previsão de alta médica. A mãe já respondeu no passado por lesão corporal e maus tratos praticados contra uma de suas filhas, hoje maior de idade. Em 2011, foi condenada por tráfico de drogas.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here