Mãos que tecem o mundo: A Moda e o Artesanato

Com o pesquisador em Filosofia pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) Brunno Almeida Maia e o chapeleiro Eduardo Laurino, curso pretende investigar questões contemporâneas sobre as temáticas da Moda com o Artesanal, a partir da Filosofia, Literatura, Artes, História e Sociologia.

O curso interdisciplinar Mãos que tecem o mundo: a Moda e o artesanal, ministrado pelo pesquisador em Filosofia e escritor Brunno Almeida Maia(UNIFESP – Universidade Federal de São Paulo), e pelo chapeleiro Eduardo Laurino (FASM – Faculdade Santa Marcelina), no Lab Fashion, em São Paulo, investiga a relação entre a Moda e o Artesanal, nos contextos dos séculos XIV ao XXI, a partir de abordagem teórica e prática. Dos dias 07 a 11 de agosto (segunda a sexta-feira), das 14h às 17h, os estudantes terão a oportunidade de conhecer e vivenciar parte do processo criativo do chapeleiro Eduardo Laurino, que assinou coleções de acessórios de cabeça para óperas do Theatro Municipal, e, recentemente para o espetáculo em “Garricha”, dirigido por Bob Wilson, além de números desfiles para a SPFW e Fashion Rio. As inscrições começam no dia 19 de junho (segunda-feira), e podem ser efetuadas pelo e-mailbrunnoalmeidamaia@gmail.com  

Dividida em duas disciplinas: História do Pensamento e Filosofia de Moda (Brunno Almeida Maia) e Laboratório de Criação (Eduardo Laurino), a atividade, de caráter processual e prático, tem como objetivo o exercício da apuração do olhar por meio da ampliação do repertório de pesquisa, a partir das discussões teóricas elaboradas na disciplina História do Pensamento e Filosofia de Moda, para, em seguida, na disciplina Laboratório de Criação, sob a orientação do docente Eduardo Laurino, criar objetos artesanais tridimensionais orgânicos, inspirados nos eixos temáticos, nos textos, escritores, pensadores e nas discussões surgidas ao longo do processo de investigação, e de pesquisa teórica e prática.

A partir da conceituação Moda Aristocrática ou Artesanal, elaborada pelo filósofo francês Gilles Lipovetsky n´O Império do Efêmero – a moda e seu destino nas sociedades modernas, o curso analisa a transformação na Moda ocorrida no auge da Modernidade do século XIX, com a mudança para o modo de produção capitalista, o início da alta-costura com Charles Frederick Worth, e a posterior fase de industrialização, até o prêt-à-porter e o recente fenômeno do fast e doslow fashion.

Com um vasto guarda-roupa de escritores, filósofos, sociólogos e historiadores como Walter Benjamin, Peter Stallybrass, Richard Sennet, Hannah Arendt, Norbert Elias, Platão, Marina Colasanti, Marcel Proust, e poetas como Ovídio e Pablo Neruda, a atividade propõe o repensar na atualidade dos conceitos de Moda artesanal e autoral, o trabalho dos artífices nos ateliers d´arts franceses, e a questão do luxo como specialité e autenticidade (aura), ligado a tradição artesanal.

Por último, a investigação, que parte da Moda como medida do tempo e figuração da sensibilidade estética de uma época, recai para a perspectiva ético-política. Ao pensar sobre a perda do sentido no trabalho alienado e no consumismo nas sociedades contemporâneas, a atividade propõe a reflexão sobre “o que estamos fazendo de nós mesmos”, partindo do conceito de etopoiética; aquele que possui saber-fazer manual, sendo autor da totalidade da sua obra, detém um saber-viver: uma ética-estética da existência, na qual a obra que se coloca no mundo transforma a realidade existente, como a interioridade daquele que a produz.

OS MINISTRANTES:

BRUNNO ALMEIDA MAIA (Coordenador e Docente):

Pesquisador em Filosofia pela Unifesp e professor do Senac Lapa Faustolo, ministrou cursos de Literatura e Moda na Escola São Paulo, na FAAP – Fundação Armando Alvares Penteado, na Biblioteca Mário de Andrade, no Sesc Consolação, no Sesc Pompeia, no Sesc Ipiranga e no CPF – Centro de Pesquisa e Formação do Sesc SP. É autor do livro “O Teatro de Brunno Almeida Maia” (Ed. Giostri, 2014), “Moda Vestimenta Corpo” (Ed. Estação das Letras e Cores, 2015) e “São Paulo em Palavras” (Editora Aquarela Brasileira, 2017). Saiba mais em www.facebook.com/maiaalmeidabrunno 

EDUARDO LAURINO (Docente):

Formado pela Faculdade Santa Marcelina, em 2003, é chapeleiro de sua marca homônima. A criação de acessórios cresceu concomitante ao seu desempenho como figurinista, em que obteve grande repercussão em espetáculos históricos, como “A Galeria Metrópole”, e, recentemente, em “Garricha”, dirigido por Bob Wilson. Como professor, ministrou cursos no Senac Lapa Faustolo, na Oficina Cultural Oswald de Andrade, na Oficina da Palavra Casa Mário de Andrade e, mais recentemente, integrou o corpo docente do curso técnico em estilismo do Senac Penha. Saiba mais em www.facebook.com/eduardo.laurino

“MÃOS QUE TECEM O MUNDO: A MODA E O ARTESANAL”

SERVIÇO:

LAB FASHION

Com: Brunno Almeida Maia – UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), Eduardo Laurino (FASM – Faculdade Santa Marcelina).

07 a 11 de agosto de 2017 – segunda a sexta-feira, das 14h às 17h.

19/06 a 04/08 – Inscrições pelo brunnoalmeidamaia@gmail.com

07/08 – Início das aulas.

11/08 – Término das aulas.

Público: estudantes de Moda, artes em geral e ciências humanas, profissionais da área e interessados, a partir de 16 anos.

Inscrições: 19/07 a 04/08.

20 vagas – R$ 300,00*. (*Obs: Sujeito ao fechamento da turma. Mínimo 15 inscritos).

Endereço: Rua Dona Antônia de Queirós, 474/ Sala 16 – Consolação, 01307-010 – São Paulo – SP.

Telefones: (11) 3467-1747.

E-mail: contato@labfashion.com.br/ brunnoalmeidamaia@gmail.com

Funcionamento: Segunda à sexta das 9h às 18h.

www.labfashion.com.br

www.facebook.com/labfashionsp

www.instagram.com/labfashion.sp

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*