MAR completa quatro anos – Museu preparou uma série de atividades – confira

Foto divulgação

 Em homenagem ao Dia do Bibliotecário, o MAR realiza uma edição especial do “Conheça o MAR”, no dia 10 às 15h, com uma visita à Biblioteca do museu. O público terá acesso às coleções, raridades e particularidades do espaço, além de conhecer mais a fundo o trabalho dos bibliotecários.

O museu promove, no dia 12, quatro sessões de “20 minutos com a coleção”. A ação educativa tem como foco as mostras “Leopoldina” e “Meu Mundo teu”, além da série de Pierre Verger. Os educadores do museu vão conversar com o público sobre obras específicas das mostras e a série exposta na escada do Pavilhão de Exposições.

O Programa Vizinhos do MAR, criado logo na inauguração do museu, ganhará mais um elemento este ano. Será lançado no dia 19 de março o jornal que leva o nome do projeto. Em cartaz até 18 de junho, a exposição “Lugares do Delírio” apresenta uma reflexão política e ética sobre loucura e arte com obras de diversos artistas. E no dia 21 haverá uma conversa sobre arte e psicanálise com Jean-Michel Vivès, Marco Antônio Coutinho Jorge e a curadora Tania Rivera.

Outra novidade no mês de março é a inauguração do programa Sala de Encontro, dedicado a exposições que propiciam experiências imersivas, concebidas como encontros diretos e intensos entre o público e o universo da arte contemporânea. “DENTRO” é a mostra que inaugura o espaço no dia 25 de março, e que convida o público a uma relação não mediada, especialmente próxima e interativa com curadoria de Evandro Salles. Estarão expostas obras de Waltercio Caldas, Sérgio Sister, Carla Guagliardi, Amilcar de Castro e Cildo Meireles, além de um recorte de trabalhos da Coleção MAR.

Sucesso de público desde sua estreia em 2015, a primeira edição do MAR de Música de 2017 será realizada no dia 31 de março, das 18h às 22h. A cultura black do subúrbio carioca vai invadir o MAR com um baile charme comandado pelo DJ Michell, convidado da estreia.

Programação MAR_Março

>>Conversa de Galeria – Narrativas só de vindas ou antidocumentário

Dia 5, 14h

Local: Pavilhão de Exposições – 3º andar

>> “Rio de ontem, Rio de hoje” – atividade educativa

Dia 5, 15h

Local: Pilotis

>>Conheça o MAR especial – Dia do Bibliotecário

Dia 10, 15h

Local: Biblioteca do MAR

Inscrições no site – 25 vagas

>>20 minutos com a coleção – “Negra Baiana”, Marc Ferrez I Conversa na exposição “Leopoldina: princesa da Independência, das artes e da ciência” sobre a obra “Negra Baiana”, (1884) de Marc Ferrez, com os educadores Pâmela Carvalho e Wesley Ribeiro.

Dias 12, 10h

Local: Pavilhão de Exposições, 3º andar

>>20 minutos com a coleção – “Constelação de Tião”, Alexandre Sequeira I Conversa na exposição “Meu mundo teu”, de Alexandre Sequeira, sobre a “Constelação de Tião” (2016), com os educadores Daniel Santiso e Guilherme Dias.

Dia 12, 11h

Local: Pavilhão de Exposições, 1º andar

>>20 minutos com a coleção – “Série Rio de Janeiro”, Pierre Verger I Conversa sobre a série “Rio de Janeiro” (1940-1950) de Pierre Verger, exposta na escada do Pavilhão de Exposições, com os educadores Eliã Almeida e Geancarlos Barbosa.

Dia 12, 13h

Local: Pavilhão de Exposições, 1º andar

>>20 minutos com a coleção – “L’execution de la punition du fouet”, Jean-Baptist Debret I Conversa na exposição “Leopoldina: princesa da Independência, das artes e da ciência”, sobre a obra “L’execution de la punition du fouet” (1768-1848/1965) de Jean-Baptist Debret, com os educadores Diego Xavier e Pablo Amorim.

Dia 12, 14h

Local: Pavilhão de Exposições, 3º andar

>> Lançamento do jornal Vizinhos do MAR

Dia 19

>>Conversa sobre arte e psicanálise com Jean-Michel Vivès, Marco Antônio Coutinho Jorge e Tania Rivera (curadora da exposição “Lugares do Delírio)

Dia 21, 15h

Local: Escola do Olhar

>>Inauguração do Programa Sala de Encontro | Exposição DENTRO

Dia 25, 10h

Local: Pavilhão de Exposições, térreo

>>MAR de Música | Baile charme, com DJ Michell

Dia 31, 18h

Local: Pilotis

O Museu de Arte do Rio – MAR

O MAR é um espaço dedicado à arte e à cultura visual. Ocupa dois prédios na praça Mauá: um de estilo eclético, que abriga o Pavilhão de Exposições; outro em estilo modernista, onde funciona a Escola do Olhar. O projeto arquitetônico une as duas construções com uma cobertura fluida de concreto, que remete a uma onda – marca registrada do museu –, e uma rampa, por onde os visitantes chegam aos espaços expositivos.

Uma iniciativa da Prefeitura do Rio em parceria com a Fundação Roberto Marinho, o MAR tem atividades que envolvem coleta, registro, pesquisa, preservação e devolução à comunidade de bens culturais. Espaço proativo de apoio à educação e à cultura, o museu já nasceu com uma escola – a Escola do Olhar –, cuja proposta museológica é inovadora: propiciar o desenvolvimento de um programa educativo de referência para ações no Brasil e no exterior, conjugando arte e educação a partir do programa curatorial que norteia a instituição.

O MAR é gerido pelo Instituto Odeon, uma organização social da Cultura, selecionada pela Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro por edital público. O museu tem o Grupo Globo como mantenedor, o BNDES como patrocinador da Reserva Técnica e apoiador da exposição Leopoldina, princesa da Independência, das artes e das ciências, a Petrobras também como apoiadora de Leopoldina, princesa da Independência, e a Repsol como apoiadora de exposição. O Consulado Geral da França apoia a exposição Lugares do Delírio.

A Escola do Olhar tem o Sistema Fecomercio RJ, por meio do Sesc, como parceiro institucional, e conta com o Banco Votorantim e a Prodiel como apoiadores. A Brookfield apoia as visitas educativas. O programa MAR na Academia tem apoio da Dataprev e da Amil One Health via Lei Municipal de Incentivo à Cultura, e da Aliansce via Lei Rouanet. A Souza Cruz é copatrocinadora do Domingo no MAR.

O MAR conta também com o apoio do Governo do Estado do Rio de Janeiro, e realização do Ministério da Cultura e do Governo Federal do Brasil por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Serviço

Ingresso: R$ 20 I R$ 10 (meia-entrada) – pessoas com até 21 anos, estudantes de escolas particulares, universitários, pessoas com deficiência e servidores públicos da cidade do Rio de Janeiro. O MAR faz parte do Programa Carioca Paga Meia, que oferece meia-entrada aos cariocas e aos moradores da cidade do Rio de Janeiro em todas as instituições culturais vinculadas à Prefeitura. Apresente um documento comprobatório (identidade, comprovante de residência, contas de água, luz, telefone pagas com, no máximo, três meses de emissão) e retire o seu ingresso na bilheteria. Pagamento em dinheiro ou cartão (Visa ou Mastercard).

Bilhete Único: R$ 32 – R$ 16 (meia-entrada) cariocas e residentes no Rio de Janeiro, mediante apresentação de documentação ou comprovante de residência comprobatórios. Serão considerados documentos comprobatórios aqueles que contenham o local de nascimento, tais como RG, carteira de habilitação, carteira de trabalho, passaporte etc. Serão considerados comprovantes de residência os títulos de cobrança com no máximo 3 (três) meses de emissão, como serviços de água, luz, telefone fixo ou gás natural, devidamente acompanhado de documento oficial de identificação com foto (RG, carteira de habilitação, carteira de trabalho, passaporte etc.) do usuário.

Política de gratuidade: Não pagam entrada – mediante a apresentação de documentação comprobatória – alunos da rede pública (ensinos fundamental e médio), crianças com até cinco anos ou pessoas a partir de 60, professores da rede pública, funcionários de museus, grupos em situação de vulnerabilidade social em visita educativa, Vizinhos do MAR e guias de turismo. Às terças-feiras a entrada é gratuita para o público geral. Aos domingos a entrada é gratuita para portadores do Passaporte de Museus Cariocas que ainda não tiverem o carimbo do MAR. No último domingo do mês o museu tem entrada grátis para todos por meio do projeto Domingo no MAR.

Terça a domingo, das 10h às 17h. Às segundas o museu fecha ao público. Para mais informações, entre em contato pelo telefone (55 21) 3031-2741 ou acesse o site www.museudeartedorio.org.br.

Endereço: Praça Mauá, 5 – Centro.

 

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*