Marcão sobre G6: “ver se no final sobra uma vaga para a gente”

Com o empate de 1 a 1 contra o Atlético-PR nesta terça-feira (15), no Maracanã, o Fluminense ficou em situação ainda mais delicada em busca de uma vaga no G6 do Brasileirão, o que daria ao tricolor uma vaga na Taça Libertadores do próximo ano. A vitória sobre o Furacão seria fundamental, já que o time paranaense está em sexto no momento e o Flu poderia igualar o adversário na pontuação.

Mesmo sabendo de toda a dificuldade, já que terá que vencer os seus três jogos até o final e ainda torcer contra adversários diretos, o técnico Marcão manteve a esperança por um lugar na Libertadores. O treinador destacou que é preciso fazer o seu melhor em campo e esperar para ver se “sobra” uma vaga na competição continental.

“Vamos ter que buscar jogo a jogo. Temos que buscar pontos fora de casa para ver se no final sobra uma vaga para a gente”, declarou Marcão. “Temos que fazer jogo a jogo, passo a passo. Vimos muitos torcedores, um ambiente criado para esse jogo. Os jogadores estão lamentando muito o resultado. Acreditávamos que sairíamos com a vitória. Não aconteceu, mas o importante é estarmos do lado deles, porque já temos outro compromisso”, completou.

A tarefa não será nada fácil e o Fluminense já inicia o desafio pela vaga no próximo domingo (20), quando vai visitar a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, às 17hs. Depois desse jogo, o tricolor terá outros dois, ambos contra equipes que lutam contra o rebaixamento. O primeiro será diante do Figueirense, em Florianópolis e fechando a participação no Brasileirão, o Flu vai receber o Internacional, no Maracanã.

Deixe uma resposta