Marrocos registra nova confusão com imigrantes em Ceuta

Mais de 700 imigrantes vindos de países da África Subsaariana tentaram atravessar nesta quinta-feira (10) sem sucesso a fronteira em El Tarajal, o ponto mais conhecido do enclave espanhol de Ceuta com o Marrocos.

Essa é a terceira vez em quatro dias que as Forças de Segurança marroquinas atuam fortemente no local e rejeitam a entrada dos deslocados. Nesta quarta-feira (9), inclusive, cerca de 200 pessoas foram presas ao tentar entrar na Espanha ilegalmente.

Os imigrantes foram bloqueados pela polícia marroquina antes de chegar à dupla barreira metálica que separa Ceuta dos Marrocos. Um primeira tentativa de entrada, com mais de mil pessoas usando pedaços de madeiras causou um conflito com agentes das polícias dos dois países.

Ceuta e Melila são hoje as principais portas de entrada dos imigrantes clandestinos, em sua maioria homens da região subsaariana . As chegadas nos primeiros seis meses deste ano, de acordo com dados da Cruz Vermelha, atingiram 7,4 mil pessoas, incluindo as que vieram pelo mar, contra 3,6 mil no mesmo período de 2016.

ANSA

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here