Meia do Atlético Nacional quer título Mundial para dedicar à Chapecoense

O Atlético Nacional-COL, atual campeão da Libertadores, vai representar o futebol da América do Sul no Mundial de Clubes. A estreia da equipe na competição acontece nesta quarta-feira (14), às 8h30 (de Brasília), diante do Kashima Antlers, do Japão. Os colombianos tem o sonho de conquistar o título do torneio, embora saibam da dificuldade, já que o Real Madrid pode ser o adversário em caso de uma final. O meia Jhon Mosquera afirmou que pretende conquistar o Mundial para dedicar à Chapecoense.

“O time (Chapecoense) está sempre em nossos corações e nossas mentes. Toda vez que jogamos e ganhamos, é uma homenagem a seu time. Acho que toda a comunidade mundial do futebol foi afetada por esta tragédia, e todos irão lembrá-los para sempre”, disse Mosquera em entrevista à agência de notícias Kyodo.

A Chapecoense seria o adversário do Atlético Nacional na decisão da Copa Sul-Americana, mas o voo que levava a delegação brasileira acabou se acidentando a caminho de Medellín. 71 pessoas morreram na tragédia, incluindo 19 atletas da equipe catarinense. Os colombianos solicitaram a Conmebol para decretar a Chapecoense como campeã do torneio, o que foi confirmado pela entidade sul-americana.

Se chegar à final do Mundial de Clubes, o Atlético Nacional-COL poderá ter pela frente o Real Madrid, atual campeão da Liga dos Campeões e que tem em seu elenco o português Cristiano Ronaldo, eleito o melhor jogador do mundo da atual temporada. Os espanhóis jogam nesta quinta-feira (15), diante do América do México, às 8h30 (de Brasília).

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here