Mercedes admite grande vantagem na F1, mas quer evitar clima de “já ganhou”

Lewis Hamilton atualmente tem uma grande vantagem sobre Sebástian Vettel, o que deixa o inglês mais próximo do tetracampeonato na Fórmula 1. A distância para o alemão chega a 59 pontos, mas a Mercedes mantém a calma e quer evitar o clima de eurofia antecipada, principalmente no mundial de construtores.

Toto Wolff, chefe da equipe, destacou um discurso bastante cauteloso com relação ao título, que pode ser conquistado já na próxima etapa, que será disputada em Austin, no GP dos EUA. Dependendo da classificação final do GP, a Mercedes não poderá mais ser superada pela Ferrari.

“Não há mudança no planejamento. Precisamos continuar focando corrida após corrida. Ainda temos uma ‘diva’ que precisa ser entendida. Também, pela forma como revisamos as coisas, queremos ver nosso rendimento diante dos nossos principais rivais”, declarou o austríaco, que mantém o respeito perante as adversárias.

“Não diria que estamos em uma situação dominante frente a Red Bull e a Ferrari. Aproveitamos o azar da Ferrari e seus problemas de confiabilidade nas três últimas corridas, mas isso não implica que temos tudo garantido. Acho que precisamos continuar lutando”, complementou.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*