Mias de 300 toneladas de lixo foram retiradas em todo o Rock in Rio

A Prefeitura do Rio informou, nesta segunda-feira (25), que a Comlurb recolheu 389,3 toneladas de resíduos das áreas interna e externa do Parque Olímpico nos sete dias de Rock in Rio. Dessas, 150,4 toneladas de recicláveis foram entregues às cooperativas de catadores e 238,8 toneladas transportadas para a Estação de Transferência do Caju, onde serão segregadas.

Segundo o governo, os lixos orgânicos serão utilizados na produção de composto, enquanto os rejeitos que foram levados para a Usina Verde serão transformados em energia. A limpeza dos banheiros foi um dos pontos de destaque do evento e o público colaborou mais, descartando corretamente seu lixo.

Os garis trabalharam na parte interna, se revezando em três turnos, com apoio de diversos veículos, como caminhões coletores, mini ônibus, mini basculante, caminhões-pipa, caminhões varredeiras, vans lava-jato, além de sopradores. Contêineres para resíduos recicláveis e orgânicos foram distribuídos em todo o parque, à disposição da plateia, para que o lixo fosse descartado de forma correta. As equipes da Comlurb foram treinadas para atuar no gramado, banheiros, praças de alimentação, área VIP, palco, camarins e backstage.

A área externa do Rock in Rio também contou com grande esquema de limpeza e recolheu 69,6 toneladas de resíduos nos sete dias de festival. A operação contou com 120 garis, divididos em três turnos, com apoio de sopradores, caminhões coletores, basculantes, varredeiras mecânicas e carros pipas. Para que o lixo fosse descartado de forma correta pelo público, dezenas de contêineres foram posicionados nas proximidades do Parque Olímpico e nos acessos.

Os agentes de fiscalização do Programa Lixo Zero atuaram em todo o entorno do Parque Olímpico, com apoio de guarda municipais. Foram multadas 210 pessoas, sendo 182 por descarte irregular de lixo e 28 por urinarem nas vias públicas. As operações foram supervisionadas por coordenadores do programa.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*