Ministério do Esporte suspende campeonato grego após incidentes

No último domingo (11), o presidente do clube grego PAOK, Ivan Savvidis, entrou em campo armado para cobrar do árbitro um gol anulado de sua equipe diante do AEK Atenas. Para o Ministério da Cultura e do Esporte, esse foi o estopim para suspender a competição por tempo indeterminado.

“Nós decidimos interromper o campeonato … Não começará novamente até que haja uma estrutura clara, acordada por todos, para avançar com as regras do jogo”, declarou Georgios Vassiliadis, vice-ministro da Cultura e do Esporte, em entrevista concedida a agência Reuters.

Este incidente foi mais um no futebol grego em menos de um mês. No dia 25 de fevereiro, a torcida do PAOK arremessou objetos no gramado antes da partida contra o Olympiacos. Um rolo de papel acabou atingindo o técnico rival, que foi levado ao hospital. O clube recebeu uma multa de 30 mil euros e perdeu três pontos na classificação do campeonato.

Alguns dias depois, mais uma vez torcedores do PAOK organizaram uma cena lamentável. Eles invadiram um estúdio de televisão e obrigaram o jornalista a ler uma mensagem de protesto contra a punição recebida pelo clube.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*