Monólogo ‘O Figurante’ na Casa de Cultura Laura Alvim

Foto: Nan Giard

 A companhia carioca Teatro Voador Não Identificado volta a apresentar seu quinto espetáculo no Espaço Rogério Cardoso, na Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema, espaço da Secretaria de Estado de Cultura/FUNARJ. A partir do dia 13 de janeiro, reestreia a peça “O Figurante”, que segue a pesquisa artística do grupo e coloca o palco como centro de investigação interpretativa.

O monólogo, com Pedro Henrique Müller (que já trabalhou anteriormente com o grupo em “O Processo”, peça indicada ao Prêmio Shell), conta a irônica história de um ator que, mesmo contra sua vontade, acaba tornando-se figurante. A partir deste momento, a peça aponta para um abismo cíclico de metalinguagem e repetição, resultado de uma investigação sobre os efeitos de recursividade (em especial o Efeito Droste, a repetição de uma imagem em menor escala dentro da própria imagem) na criação teatral. Assim, o figurante é convidado a fazer uma peça chamada “O Figurante” que conta a história de um figurante que é convidado a fazer uma peça chamada “O Figurante” e assim por diante.

Com direção de Leandro Romano e dramaturgia de Luiz Antonio Ribeiro, o espetáculo também apresenta uma pesquisa sobre interpretação chamada de “figura”:

“O figurante não pode ser considerado um personagem. Ele não tem fala nem objetivos. Por outro lado, sua condição não é de sujeito, afinal, ele está à serviço de uma ficção e não pode fazer o que bem entender. O figurante encontra-se, portanto, num limbo entre ficção e realidade, entre personagem e sujeito. Isso é o que procuro na interpretação do Pedro, algo quase incompreensível, que não pode ser identificado enquanto interpretação sólida, o que chamo de figura”, conta o diretor.

Para a criação deste novo espetáculo, a companhia buscou referências em obras de artistas como Charlie Kaufman, Ítalo Calvino, Georges Perec, David Foster Wallace e René Magritte que, de alguma maneira, propõem experimentações sobre imagem e identidade, colocando-se como personagens de suas próprias ficções.

Teatro Voador Não Identificado
O Teatro Voador Não Identificado é uma companhia de teatro do Rio de Janeiro. Formado em 2011 por então alunos da Unirio, o grupo pretende estabelecer um contato entre seus trabalhos e as manifestações artísticas atuais. Em seu currículo, o grupo possui cinco espetáculos que circularam por diversos teatros do Rio de Janeiro. Neles, foram investigados as múltiplas possibilidades do teatro documentário e das dramaturgias fragmentada, colaborativa e do ator. O Teatro Voador Não Identificado é composto por sete artistas que se dividem entre diversas funções e trabalham com novos colaboradores a cada projeto: Elsa Romero, Gaia Cata, Isadora Petrauskas, Julia Bernat, Leandro Romano, Lia Maia e Luiz Antonio Ribeiro.

FICHA TÉCNICA
Direção: Leandro Romano
Dramaturgia: Luiz Antonio Ribeiro
Elenco: Pedro Henrique Müller
Concepção: Leandro Romano, Luiz Antonio Ribeiro e Pedro Henrique Müller
Cenografia: Elsa Romero e Ianara Elisa
Iluminação: Lara Cunha
Figurino: Marina Dalgalarrondo
Trilha sonora original: Felipe Ventura e Gabriel Vaz
Dramaturgia da cena 14: Daniele Avila Small
Criação da cena 20: Pedro Henrique Müller e Teatro Inominável (Andrêas  Gatto, Diogo Liberano, Márcio Machado e Thaís Barros)
Edição de som: LC Varella
Vozes em off: José Mayer e Pedro Henrique Müller
Assistência de direção: Luiz Antonio Ribeiro
Design gráfico: Marcello Talone
Fotografia e edição de imagem: Nan Giard
Filmagem: Clarissa Appelt e Zhai Sichen
Cenotécnica: Fátima de Souza
Costura: Nice Tramontin e Selma Maria da Silva
Direção de produção: Leandro Romano
Produção executiva: Bel Sangirardi
Realização: Teatro Voador Não Identificado

SERVIÇO

Espetáculo: O Figurante

Local: Espaço Rogério Cardoso (Casa de Cultura Laura Alvim) – Av. Vieira Souto, 176 – Ipanema

Estreia:  13 de janeiro

Dias e horários: Sextas e sábados, às 20h; domingos, às 19h (até 05 de fevereiro)

Preço: R$30,00 (inteira); R$15,00 (estudantes e idosos)

Bilheteria: Segunda a sábado, a partir das 16h; domingo, a partir das 15h

Gênero: Comédia dramática

Duração: 60 min  

Classificação: 10 anos

 

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here