MP recomenda suspensão imediata de cirurgias em hospital de Nova Friburgo

Foto: Divulgação/ MPRJ

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) recomendou, nessa quinta-feira (08/06), que a Prefeitura Municipal de Nova Friburgo, a Secretaria Municipal de Saúde e a direção-geral do Hospital Municipal Raul Sertã (HMRS) suspendam imediatamente a realização de cirurgias eletivas no HMRS.

A partir da representação de médicos do Hospital Municipal Raul Sertã, a 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Nova Friburgo instaurou Inquérito Civil (IC) para investigar as condições de funcionamento da Central de Materiais e Esterilização (CME). De acordo com a denúncia, possíveis irregularidades no funcionamento da CME podem elevar a incidência de complicações operatórias infecciosas.

O MP fluminense recomendou a suspensão das cirurgias, enquanto não se regularize as condições da Central de Materiais e Esterilização, e determinou, ainda, com urgência, a realização de vistoria por parte da Vigilância Sanitária Estadual. Para não suspender os procedimentos já agendados, o MPRJ sugere, provisoriamente, o encaminhamento dos instrumentos cirúrgicos para outras centrais de esterilização, localizadas na cidade. 

O município de Nova Friburgo, a Secretaria Municipal de Saúde e a direção-geral do Hospital Municipal Raul Sertã têm três dias para esclarecimentos sobre a adoção da Recomendação.

Agência Brasil

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*