MPF apresenta nova denúncia contra ex-deputado André Vargas

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou ontem (10) nova denúncia derivada da Operação Lava Jato contra o ex-deputado federal André Vargas, acusado de lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e uso de documento falso.

Foram denunciados também Leon Vargas, irmão do ex-deputado, Meire Pozza, ex-contadora do doleiro Alberto Youseff, e o empresário Marcelo Simões, alvos das mesmas acusações.

De acordo com os investigadores, Meire usou suas empresas para emitir notas fiscais falsas de consultoria para a empresa de Simões, especializada em sistemas de informática, com objetivo de lavar dinheiro desviado por ele de um contrato de R$ 71 milhões junto à Caixa Econômica Federal.

Vargas e um servidor da CEF ainda não identificado, que de acordo com os procuradores será alvo de uma futura denúncia, teriam sido os responsáveis por intermediar o contrato da empresa de Simões com o banco estatal.

Vargas foi o primeiro político condenado pelo juiz Sergio Moro no âmbito da Operação Lava Jato. Ele encontra-se preso em Curitiba desde abril de 2015.

Agência Brasil

Deixe uma resposta