Muito Samba para comemorar a Consciência Negra

Foto divulgação

Mercado Palmares, Moça Prosa e Terreiro de Crioulo. Todas fazem parte do Circuito criado pela Rede Carioca de Rodas de Samba e vão homenagear o Dia da Consciência Negra.

As rodas de samba de uma forma geral constituem musicalidade, afirmação, disseminação e potencialização da cultura negra. “Na rede, temos atualmente 41 rodas, mas destacamos essas quatro para a festa em comemoração ao feriado do Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, devido à importância político-social de cada uma delas”, esclarece Marcelo Santos, gestor de projetos do Centro de Articulação de Populações Marginalizadas e coordenador de comunicação da Rede Carioca de Rodas de Samba.

19/11, sábado: apresenta-se na Pedra do Sal, o grupo Moça Prosa, formado somente por mulheres. O lugar por si só já representa a negritude brasileira. As meninas cantam canções de D. Ivone Lara a Marienne de Castro, buscando afirmar a alma feminina do samba. Horário: 17hs Local: Pedra do Sal – Rua Argemiro Bulcao, 76 – Largo da Prainha Evento gratuito

20/11, domingo: a comemoração fica por conta dos sambistas do Terreiro de Crioulo, que realizam a 4ª edição do novembro negro. Além da roda de samba, que inicia às 13hs, haverá feijoada gratuita até às 15h. O evento vai até às 22h com a gravação do DVD do grupo.

Horário: 13h Local: Bar Toca da Criolice, Rua M, Ponto Chique, Padre Miguel – Evento gratuito

 

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*