Museu do Amanhã tem dia dedicado às constelações, com palestra ‘O Balé das Estrelas’ e abertura da exposição temporária ‘Milênios Cósmicos’

Foto: Lívia Torres

O Museu do Amanhã promove amanhã, terça-feira, dia 17, um dia todo dedicado às estrelas. A partir das 10h ocorre a abertura da exposição temporária “Milênios Cósmicos – Cartas celestes para os próximos cem mil anos”, que contará também com a palestra do astrônomo e pesquisador Cássio Barbosa, às 15h, no Observatório do Amanhã. No evento, “O Balé das Estrelas”, o pesquisador explicará ao público como o constante movimento do Universo afeta a nossa vida. A palestra é gratuita e as inscrições podem ser feitas pelo site.

“Analisar as galáxias, se elas são novas ou antigas, permite avaliar se novas estrelas, novas Terras e, por que não, novas civilizações estão se formando”, resume o astrônomo, que vai mostrar também simulações das posições de algumas das principais constelações vistas do Hemisfério Sul nos próximos 100 mil anos.

A exposição “Milênios Cósmicos – Cartas celestes para os próximos cem mil anos”, apresenta telas dos próximos milênios cósmicos com um toque artístico. Numa mistura de artesanato e ciência, um robô desenhou, com cera quente de abelha, dez cartas celestes vistas do Polo Norte nos próximos cem mil anos sobre pedacinhos de tecido de algodão. A mostra foi inspirada em uma pesquisa sobre cenários futuros, com dados das cartas celestes e fica em cartaz até 7 de maio.

Serviço:

Palestra com o astrônomo Cássio Barbosa “Balé das Estrelas”

Data: 17 de janeiro (terça-feira)

Horário: das 15h às 16h30

Local: Observatório do Amanhã (Praça Mauá, nº 1, Centro – Rio de Janeiro)

 

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here