Nos Estados Unidos, 27 milhões de eleitores podem aderir ao voto antecipado

Pelo menos 27 milhões de eleitores norte-americanos devem aderir ao voto antecipado para as eleições presidenciais da próxima terça-feira (8). O calendário de votações antecipadas varia de estado para estado, mas foi iniciado na segunda quinzena de outubro e em alguns lugares o processo termina hoje (4).

Os candidatos, o republicano Donald Trump e a democrata Hillary Clinton, ainda tentam motivar eleitores a votarem antecipadamente porque o voto não é obrigatório no país. O comparecimento antecipado representa o engajamento de grupos de eleitores e indica tendências.

A boa notícia para a candidata Hillary Clinton é que este ano, até o momento, foi registrado um maior comparecimento antecipado de eleitores democratas que republicanos em alguns estados, como o Texas e a Flórida. Até agora, os analistas observam uma adesão maior de latinos e de mulheres, o que também favorece a Hillary.

Jovens e negros

Ao mesmo tempo, menos jovens e negros compareceram para votar antecipadamente, o que em 2008 foi um dos fatores importantes na eleição do presidente Barack Obama em seu primeiro mandato.

Nas eleições de 2008 e de 2012, cerca de 30% dos eleitores norte-americanos que compareceram às urnas aderiram ao voto antecipado.

Em 34 estados norte-americanos, o cidadão pode votar antecipadamente sem apresentar uma justificativa para não comparecer no dia 8 de novembro. No restante dos estados, o voto antecipado só é permitido para pessoas que comprovarem impossibilidade de comparecimento na próxima terça-feira.

Agência Brasil

Deixe uma resposta