Novas tarifas de ônibus entram em vigor em Belo Horizonte

Centro de Belo Horizonte. Foto: Google Maps

A tarifa da maioria dos ônibus de Belo Horizonte subiu, nesta terça-feira (3), de R$3,70 para R$4,05. As linhas circulares também tiveram aumento, passando de R$2,65 para R$2,85. O reajuste de 9,4% havia sido anunciado na semana passada pela Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans).

A fórmula utilizada para definir os novos valores levou em conta variações dos preços do óleo diesel, da rodagem, dos veículos, da mão-de-obra operacional e das despesas administrativas. Segundo a BHTrans, essas variações são calculadas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) e pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Durante a posse do novo prefeito , manifestantes presentes gritaram palavras de ordem pedindo a suspensão do aumento das passagens. Em entrevista coletiva, Kalil afirmou que não iria reavaliar o reajuste, mas disse que técnicos da nova gestão vão analisar futuras alterações nos valores das tarifas, evitando distorções e abusos.

O Movimento Passe Livre e outras organizações sociais descontentes com o aumento estão convocando para hoje (3), às 16h30, uma manifestação. O ato irá se concentrar na Praça Sete, no centro da capital mineira, e sairá em marcha às 17h30. O trajeto não foi divulgado.

Desde domingo (1º), também vigoram novos valores para os ônibus que ligam as cidades da região metropolitana de Belo Horizonte. A Secretaria de Transportes e Obras Públicas de Minas Gerais autorizou um reajuste médio de 9,46%. O percentual foi calculado levando em conta variáveis como a alta de combustíveis, a folha de pagamento das empresas e a renovação e manutenção da frota. O aumento, porém, é superior a inflação. Em novembro, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulava 6,98% nos últimos doze meses.

Agência Brasil

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*