Novos deputados e senadores assumem mandato nos Estados Unidos

Os novos integrantes da Câmara de representantes (Câmara dos Deputados) e do Senado dos Estados Unidos se reúnem hoje (3) para iniciar os trabalhos do 105º Congresso norte-americano. Desta vez, Senado e Câmara terão maioria republicana, o que não acontecia desde 2007.

Os novos senadores devem fazer um juramento perante o vice-presidente, Joe Biden, e os deputados novatos, perante o presidente do Congresso, o senador republicano Paul Ryan. Na nova composição, o Senado, de um total de 100 membros, 52 são republicanos, 46 democratas e dois independentes.

Na Câmara dos representantes, a composição é de 241 deputados republicanos e 194 democratas, de um total de 435 deputados. Para os próximos dias, somente os deputados novatos, em inglês freshmans (calouros) devem se reunir para orientações gerais.

Na sexta-feira (6), o Congresso se reúne oficialmente para a cerimônia de leitura dos votos dos delegados do Colégio Eleitoral que participaram do processo de certificação de votos do presidente eleito Donald Trump, em dezembro passado.

Nova legislatura

A imprensa norte-americana e analistas especulam sobre como vai se comportar a nova legislatura, uma vez que, durante os últimos quatro anos do presidente Barack Obama, o Senado – de maioria republicana – deixou de votar em temas polêmicos, como a reforma migratória, mudanças sobre controle de armas e até mesmo o embargo contra Cuba.

São esperadas revisões nas leis tributárias e retirada de restrições de leis de controle ambientais, porque o presidente eleito Donald Trump prometeu cortar impostos e rever medidas ambientais de controle de emissões de carbono, implementadas por Barack Obama.

Com maioria absoluta, Donald Trump já sinalizou que vai tentar, logo no início do mandato, apressar a votação de medidas para incentivar a economia nacional, além de enviar algumas propostas de mudança na lei migratória.

Agência Brasil

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here