Operação Verão flagrou em uma semana 79 motoristas embriagados no Rio

Foto: Divulgação

O governo do estado do Rio de Janeiro prossegue neste fim de semana com a Operação Verão Lei Seca, que completou uma semana na última quinta-feira (12), contabilizando abordagem a mais de mil motoristas, dos quais 79 apresentavam sinais de embriaguez.

Segundo informações do Núcleo de Imprensa do Palácio Guanabara, as blitzen diurnas, adotadas nos dias de verão na cidade por causa da maior a afluência às praias e cachoeiras do estado, continuarão acontecendo nos principais acessos às praias, áreas de lazer e cachoeiras do estado até depois do carnaval.

Com a Operação Verão Lei Seca e a realização das blitzen diurnas, os agentes envolvidos nas ações de fiscalização pretendem conscientizar os motoristas que trafegam nessas áreas da importância da segurança no trânsito, na preservação da vida e na redução do número de acidentes em todo a cidade.

Riscos

Segundo informações do Palácio Guanabara, em uma semana de operação já foram abordados 1.360 motoristas e foram detectados 79 casos de alcoolemia. Mais de 326 multas foram aplicadas e 66 veículos foram rebocados.

Nesse período, os agentes promoverão ações educativas, a fim de alertar a população sobre os riscos de beber e dirigir. Segundo o coordenador da Lei Seca, Marco Andrade, o governo pretende levar à população, particularmente aos motoristas, o entendimento de que os riscos de misturar bebida e direção não têm hora e que os cuidados devem ser permanentes.

No ano passado, a Operação Verão Lei Seca abordou 5.814 motoristas, 538 dos quais apresentaram sinais de embriaguez. Em 2015, foram abordados 4.970 motoristas e 350 tinham sinais de alcoolemia.

Durante a Operação Verão os agentes trabalharão uniformizados com bermuda, camisa polo branca com identificação da Lei Seca e boné. As blitzes à noite continuarão sendo realizadas normalmente.

Agência Brasil

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here