Operações da Polícia Militar continuam na Cidade de Deus, no Rio

Foto: Reprodução/ Internet

Unidades da Polícia Militar continuam ocupando as principais ruas e as vielas da Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, onde, no início da noite do último sábado (19), houve intensa troca de tiros entre policiais e traficantes que dominam a área, no mesmo local onde que ocorreu a queda de um helicóptero da PM que levou à morte quatro militares.

Segundo informações da PM, a mega operação conta hoje (21) com unidades do Comando de Operações Especiais (COE), do Batalhão de Operações Especiais (Bope), Batalhão de Choque (BPChq), do Grupamento Aeromóvel (DAM) e dos batalhões do 2º Comando de Policiamento de Área. A ação teve início na manhã de domingo.

De acordo com a polícia, foram feitas até agora sete prisões e a apreensão de 1.136 trouxinhas de maconha, 22 pedras de crack, além de um saco contendo um quilo de cocaína e 132 sacolés da droga. Já na noite de sábado, quando os confrontos tiveram início, os policiais militares do BOPE apreenderam três fuzis – sendo um calibre 5.56 e dois de calibre 7.62 – duas pistolas, munições, três rádios transmissores, quatro carregadores de pistola, além de 830 sacolés de cocaína, 53 de crack e 653 trouxinhas de maconha.

O material foi apreendido em uma área de mata na comunidade, próximo ao local onde ocorreu a queda do helicóptero do Grupamentos Aeromóvel da PMERJ e que causou a morte do capitão Willian Schorcht, do co-piloto da aeronave, o major Rogério Melo, do subtenente Camilo Barbosa e do sargento Rogério Felix.

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here