Os mineiros Jorge Fonseca e Jorge Duarte fazem crítica irreverente à sociedade na Canvas Galeria de Arte

Jorge Fonseca_Love-me_acrílica sobre renda e cetim_140 x 140_2010

 

Amigos de longa data, Jorge Duarte, representante da Geração 80 com mais de 30 anos de carreira, e Jorge Fonseca, artista autodidata e vencedor do prêmio Pipa Online 2017, reúnem pela primeira vez a irreverência de seus trabalhos num mesmo espaço. A dupla apresenta a exposição “São os Jorges”, de 26 de setembro a 13 de outubro, na sede do da Canvas Galeria de Arte no Rio de Janeiro, em Copacabana. Com cerca de 30 obras em diferentes suportes e materiais, a mostra resgata a trajetória dos dois artistas que, mesmo vindos de universos distintos, abusam da ironia e da arte popular brasileira para fazer um retrato da sociedade atual.

Uma seleção das produções de Jorge Duarte desde o ano 2000 estará disponível ao público. O artista selecionou 15 obras, todas em tinta acrílica, mas em suportes variados, como tela, fibra de vidro, madeira, livros etc. A realidade do país está sempre presente em seus trabalhos intensos e criativos. Em “Brasil Ferrugem”, por exemplo, a bandeira nacional aparece oxidada. “Já que não consigo escapar do cenário de crise política e violência que estamos vivendo, prefiro refletir por meio da arte”, diz.

Famoso por seu Fiotim – O Museu em Movimento, obra que traz réplicas em miniatura das instalações do Inhotim, Jorge Fonseca faz uma retrospectiva de sua carreira, com produções recentes e também trabalhos antigos, mas inéditos ao público. O artista, que utiliza objetos cotidianos interpretados e recriados, arrisca pela primeira vez novos suportes, como o bordado em madeira, presente na obra “Quando você passa eu fico assim”, produzida em 2017. “Vou mostrar o resultado da pesquisa que desenvolvo há mais de 20 anos no meu ateliê. Tento colocar a arte popular dentro do patamar estético da arte contemporânea”, explica.

Sobre Jorge Duarte – Mineiro de Palma, é bacharel em pintura e Mestre em História da Arte pela Escola de Belas Artes da UFRJ. Representante da Geração 80, foi professor do Instituto de Artes da UERJ, da Escola de Artes Visuais do Parque Laje e da Escola de Belas Artes da UFRJ. Participou de diversas exposições individuais e coletivas no Brasil entre elas no Paço Imperial, no Museu de Arte Contemporânea de Niterói, no CCBB e no Parque Lage; e no exterior, em países como França e Alemanha. Entre outros ganhou os prêmios Icatu de Artes, residência de 6 meses em Paris; e o prêmio Metropólis e Periferia, de viagem à Alemanha, pela participação no Workshop Metrópolios e Periferia, realizado na ESDI-RJ e com exposição das obras no Museu da Arte Moderna ddo Rio de Janeiro.

Sobre Jorge Luiz Fonseca – Nascido em Conselheiro Lafaiete, Minas Gerais, vive e trabalha em Ouro Preto. Trabalhou como professor do Departamento de Artes da UFJF e foi diretor de criação e produção de grupos de artesãos. Sua formação artística é autodidata com diferentes vivências e experiências profissionais como: maquinista de trem, marceneiro e designer de móveis. Ao longo de sua carreira, ganhou diversos prêmios, entre eles o Pipa Online 2017, a mais importante premiação da arte contemporânea no Brasil, o Funarte – Conexão Circular Artes Visuais, em 2016, e a Bolsa de Estímulo à Produção Artística da Fundação Pollock-Krasner/New York, em 2009.

Sobre a Galeria – A Canvas Galeria de Arte, com sedes em São Paulo e Rio de Janeiro, opera nos principais mercados de arte do país. Reconhecida por seus movimentados leilões, trabalha com importantes artistas brasileiros e estrangeiros, como Cicero Dias, Di Cavalcanti, Luiz Aquila e OSGEMEOS.

Serviço:

Exposição São os Jorges

Artistas: Jorge Fonseca e Jorge Duarte

Local: Canvas Galeria de Arte – Avenida Atlântica, 4240, lojas 337, 338, 341, Shopping Cassino Atlântico, Copacabana. Tel: 2522-5486

Abertura – 26 de setembro (terça-feira), às 19h

Período de exposição: 27 de setembro a 13 de outubro

Visitação: segunda a sexta-feira das 10h às 19h. Sábados, das 10h às 14h.

Grátis

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*