Oswaldo de Oliveira lamenta derrota na decisão da Primeira Liga

Em seu segundo jogo no comando do Atlético-MG, o técnico Oswaldo de Oliveira vivia a expectativa pelo título da Copa da Primeira Liga. No entanto, após empate sem gols no tempo normal diante do Londrina, o time mineiro acabou derrotado nas penalidades e ficou com o vice campeonato. O que resultou numa lamentação de Oswaldo.

“Tivemos algumas boas oportunidades, mas não o suficiente. Poderíamos ter jogado uma partida melhor. Criamos algumas boas oportunidades, mas, principalmente em relação ao que o adversário criou, não conseguimos fazer”, analisou o comandante.

“Nossa intenção é recuperar a confiança da equipe e isso está acontecendo, a equipe tem tido uma postura boa, com confiança, marcando bem. Essa é a base para que a gente possa evoluir para os jogos seguintes”, concluiu Oswaldo.

Do outro lado, o título coroou um grande trabalho de Cláudio Tencati, que está há seis anos e cinco meses a frente do clube paranaense. Aliás, esse trabalho de longo prazo foi usado como exemplo para que outros clubes façam o mesmo.

“Crava uma evidência do trabalho que está sendo feito aqui, sendo referência até para o futebol brasileiro, a manutenção de um treinador, a comissão técnica e trabalho a longo prazo. Poucos clubes, hoje, conseguem fazer isso. E, quando acontece e tem paciência, os resultados vêm. Está provado por outros clubes que conseguem fazer isso também”, disse Tencati.

Com o título da Primeira Liga, o Londrina levou para casa R$ 3 milhões. Na Série B, o clube está na 10ª colocação com 37 pontos, 11 a menos do que o América-MG, que está em quarto e teria hoje a última vaga para a primeira divisão.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*