Paulinho fala sobre o desejo de retornar ao futebol europeu

As boas atuações com a camisa da seleção brasileira podem novamente abrir as portas do futebol europeu para o volante Paulinho. Depois do trauma que ficou na Copa do Mundo de 2014, o jogador viu seu futebol cair de nível e, além de não ser mais convocado, também saiu do futebol europeu para atuar na China.

Mas com a chegada de Tite, o volante conseguiu recuperar o futebol que o fez ter destaque atuando pelo Corinthians. Na rodada passada, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, o jogador fez o último gol na goleada por 3 a 0 sobre a Argentina. O grande detalhe é que o passe partiu de Renato Augusto, outro que atua no futebol chinês. 

“A gente sabe que no início, principalmente quando eu cheguei, há desconfiança por estarmos no futebol chinês. Já o Renato vem fazendo um grande trabalho, fez uma excelente Olimpíada, foi peça chave. Eu acho que dei continuidade a isso, busco fazer um bom trabalho com o Renato. Aquele meu gol contra a Argentina foi mérito dele, foi uma bela assistência. Espero que a gente possa dar continuidade a esse trabalho na seleção”, afirmou Paulinho, que não escondeu a vontade de voltar a jogar na Europa.

“Sempre deixei nas mãos de Deus. Já tive passagens na Europa, o que me preocupa hoje é fazer um grande trabalho na seleção e no Guangzhou. Sempre deixei as coisas acontecerem naturalmente. Se um dia surgir a oportunidade de voltar, com certeza volto, mas, se não, continuo feliz e dedicado em fazer um bom trabalho no Guangzhou”, completou o volante.

Paulinho será mais uma vez titular da seleção brasileira nesta terça-feira (15), quando o Brasil joga em Lima, no Peru, contra os donos da casa pela 12ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo.

Deixe uma resposta