PF prende ex-tesoureiro da Caixa acusado de desviar R$ 1,5 milhão de agência

Foto: PF/ Divulgação

Agentes da Polícia Federal (PF) prenderam um ex-tesoureiro da Caixa Econômica Federal (CEF) que estava foragido da Justiça. A PF não informou o nome do homem, de 45 anos, preso na tarde de ontem (30), na casa de parentes, no bairro de Ramos, na zona norte do Rio. Ele é acusado de desviar, aproximadamente, R$ 1,5 milhão do banco oficial, em agosto de 2015. Após os procedimentos de praxe para a prisão, ele foi encaminhado ao sistema prisional e ficará à disposição da Justiça.

As investigações conduzidas pela PF de Nova Iguaçu e pela Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio da Superintendência do Rio de Janeiro (Delepat/RJ), tiveram apoio da gerência de segurança da CEF. Elas apontaram que o ex-tesoureiro trabalhou na agência de Itaguaí, na região metropolitana do Rio. Os valores desviados eram escondidos em sacos de ração animal. Ainda de acordo com a PF, houve também a manipulação das câmeras de segurança para tentar ocultar os fatos. A PF informou que o mandado de prisão preventiva foi expedido pela 4º Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

Agência Brasil

Deixe uma resposta