Planejando a próxima temporada, Santos quer reforços, mas evita disputa com o Palmeiras

O Santos garantiu matematicamente a sua classificação para a próxima edição da Taça Libertadores no último domingo (06), quando derrotou a Ponte Preta por 2 a 1, no Moisés Lucarelli. Com isso, a diretoria do clube já está se planejando para o próximo ano e vasculhando o mercado na busca por reforços. Sobre o assunto, o técnico Dorival Júnior destacou que é importante buscar pelo menos cinco jogadores que tragam mais qualidade ao elenco.

“Precisaremos principalmente, perdendo os dois zagueiros (Gustavo Henrique e Luiz Felipe), de no mínimo outro para recompor e outros três ou quatro atletas. Estamos olhando o mercado para encontrar jogadores fundamentais sem onerar muito o clube”, afirmou treinador.

Além de zagueiros, o Santos está de olho na aquisição de um lateral, um meia e mais dois atacantes. Apesar da atenção ao mercado, a diretoria do peixe mantém o sigilo das negociações para não chamar a atenção de possíveis concorrentes, principalmente o Palmeiras. O rival vive um momento financeiro melhor, o que impediria o Santos de disputar um jogador no “leilão”.

Um bom exemplo disso foi a contratação de Keno pelo clube alviverde. O Santos vinha monitorando o atleta que foi destaque do Santa Cruz no Campeonato Brasileiro, mas acabou perdendo a disputa. Situação semelhante por acontecer com o meia Guerra, do Atlético Nacional.

“A realidade financeira é outra. Vamos ter de pinçar bastante para localizar atletas que não interessem a eles. Tentamos quem eles estão olhando, mas não fomos felizes. Mesmo assim, o Santos não vai deixar de se reforçar. Temos de ser precisos e dar a cartada correta. Não temos condições de errar. É preciso muito cuidado”, disse Dorival Junior.

Até o momento o Santos confirmou apenas um reforço para 2017 e trata-se do colombiano Vladimir Hernandez, atacante do Junior Barranquilla.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here