Polícia do Rio confirma morte de embaixador grego

Foto: Reprodução/TV Globo

O corpo encontrado em um carro carbonizado é do embaixador da Grécia no Brasil, Kyriakos Amiridis, de 59 anos. Quatro pessoas são suspeitas de terem planejado e matado o diplomata. Entre elas, a viúva do diplomata, embaixatriz Françoise Amiridis, e o policial militar Sérgio Gomes Moreira Filho. Os dois são amantes, de acordo com a polícia. A principal hipótese é de crime passional.

O embaixador teria sido morto dentro de casa, e após o crime, Sérgio teria retirado o corpo usando o carro que tinha sido alugado por Kyriakos. A polícia ainda não divulgou a identidade dos outros dois suspeitos.

Na quarta-feira (28), Françoise comunicou o desaparecimento do marido. Ela informou que o embaixador saiu de casa em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, na noite de segunda-feira (26), em um carro alugado. O veículo foi encontrado incendiado no Arco Metropolitano, em Nova Iguaçu, com um corpo em seu interior, no fim da tarde de quinta (29).

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*