Polícia prende mais um suspeito de matar italiano no Ceará

Mais um suspeito de matar o italiano Alberto Antonio Pierluigi Baroli, de 51 anos, foi preso em Beberibe, no Ceará, nesta quinta-feira (8). Tiago dos Santos, 26 anos, se apresentou na sede da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e teve a prisão temporária de 30 dias decretada. Santos nega ter participação no latrocínio, roubo seguido de morte, de Baroli, mas os policiais encontraram parte dos itens furtados do italiano em sua residência.

Sua namorada, uma adolescente de 16 anos, também se entregou voluntariamente à Polícia. Segundo os investigadores, Santos era conhecido por crimes semelhantes em toda a região e é considerado a “base de apoio” aos criminosos. Logo após o crime, ocorrido na madrugada do último sábado (3), uma mulher foi presa suspeita de participar do crime.

Os policiais também divulgaram o nome de mais três pessoas que estão sendo procuradas: Emanuel Alfredo Moreira Alves, Gilmar Paiva de Moraes e Francisco Iarley Ferreira de Queiroz são considerados foragidos. Baroli e sua esposa, que não teve a identidade revelada, estavam dormindo em sua residência em Beberibe, a cerca de 80 quilômetros de Fortaleza, no Ceará. De acordo com relatos, o italiano reagiu ao ouvir o grupo invadir a casa e foi morto por esfaqueamento. Os bandidos levaram cerca de cinco mil euros, um celular e um computador. Além da polícia brasileira, está participando das investigações um oficial do Serviço de Cooperação Internacional de Polícia (Scip).

ANSA

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here