Portal pede informações sobre a localização dos envolvidos na morte de dentista

Foto: Divulgação

O Portal dos Procurados, do Disque-Denúncia, divulgou nesta sexta-feira (4), um cartaz com recompensa de R$ 1 mil por informações que levem a prisão de Wesley Andre de Souza Adriano, o “Cara de Vaca”, de 21 anos, e Douglas de Melo, o “Miguelinho”, de 18. Eles são suspeitos de envolvimento na morte da dentista Priscila Soares Nicolau dos Reis, de 37 anos. São cinco os bandidos identificados pela polícia. Dois deles estão presos e três foragidos, sendo um adolescente de 17 anos.

A dentista foi morta na tarde desta segunda-feira (31), volta das 12h10, quando traficantes tentavam invadir o Morro do Banco, no Itanhangá, na Zona Oeste do Rio. Após confronto com policiais do 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes), que faziam um patrulhamento na região, um grupo de traficantes conseguiu se refugiar numa região de mata.

Ao tentarem fugir do local, os criminosos tentaram roubar o carro de Priscila, na Estrada de Furnas, que passava no local em direção a Tijuca. Como ela teria acelerado o veiculo, um Kia Sorento, para tentar fugir, eles dispararam. O automóvel foi atingido por 17 disparos. Ela foi morta com um tiro na cabeça e outro no braço.

Outros dois suspeitos de participar da ação já foram presos: Ademilson Guedes Costa, o “Nota Preta”, de 22 anos, e Rafael Alves Peixoto, de 26. Segundo a polícia, Ademilson é um dos criminosos que aparecem num vídeo que mostra os bandidos invadindo o Morro do Banco. Agora já são cinco os bandidos identificados pela polícia. Dois deles estão presos e três foragidos.

Após análise das imagens da invasão, a Polícia Civil solicitou as prisões de Wesley Andre e Douglas de Melo. Depois de deferidas pela Justiça, foi expedido mandados de prisões dos envolvidos e, um mandado de busca e apreensão, em relação ao menor de 17 anos, ainda foragido. Contra Wesley foi expedido um mandado pela 21ª Vara Criminal da capital, nº: 382542-38.2016.8.19.0001.0001, e contra Douglas, foi expedido mandado pelo Plantão Judiciário, nº 380850-04.2016.8.19.0001.0002, ambos pelo crime de Roubo Qualificado C/c Lesão Corporal Grave (Art. 157, § 3º, 1ª Parte – C. P.),Latrocínio (Roubo Seguido de Morte) com pedido de Prisão Temporária de 30 dias.

Ambos possuem passagens pela polícia. Douglas por fatos análogos à associação ao tráfico e tentativa de homicídio. E Wesley por tráfico de drogas. Ele ainda possui uma passagem pelo sistema penitenciário, quando ingressou em 2014, saindo em liberdade em 10/15, do Presídio João Carlos da Silva.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização dos envolvidos na morte da dentista, favor denunciar pelos seguintes canais: WhatsApp ou Telegram dos Procurados (21) 96802-1650; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo aplicativo do DD, no Apple Store ou Google Play. O anonimato é garantido.

Deixe uma resposta