Portal pede informações sobre suspeito de assassinar namorada em Nova Iguaçu

Foto: Divulgação

O Portal dos Procurados divulga nesta quarta-feira (12), cartaz com recompensa de R$ 1 mil por informações que levem a prisão de Paulo Roberto Soares, de 38 anos. Ele é o principal suspeito de assassinar a jovem Pâmela da Silva Teófilo de 21 anos, que foi encontrada morta com um tiro no peito na madrugada deste domingo (9), dentro de sua residência, na Rua José Guilherme, 61, no bairro do Cobrex em Nova Iguaçu.

 Segundo informações no sábado (8) à noite o casal estava bebendo no portão da mãe da vítima e Paulo Roberto aparentava estar tranquilo. Ainda segundo informações Pâmela era vítima constante de agressões da parte do companheiro que demonstrava ser um homem em certo momento possessivo e muito violento, e que andava sempre armado.

 Pâmela conheceu o suspeito há cinco meses, e embora não residissem juntos, a vitima costumava passar as noites na casa de Paulo Roberto, mas depois decidiu ir morar junto com o companheiro. O corpo de Pâmela que levou um único tiro a queima roupa no coração foi encontrado com sinais de espancamento e mordidas nas partes intimas, além de ser torturada e queimada com um cigarro. O suspeito se evadiu, deixando a porta da casa aberta, e encontrando-se, desde então, em local incerto e não sabido, e já é considerado foragido da Justiça.

 E após investigações diligenciadas pela Delegacia de Homicídios da Baixada – DHBF – o Delegado Titular Drº Giniton Lages, pediu a Justiça a decretação da prisão do suspeito, que foi deferido pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, Cartório do Plantão Judicial, com mandado de prisão, pelo crime de Homicídio Qualificado, com pedido de Prisão Temporária de trinta dias.

 Paulo Roberto já teve passagem pelo sistema carcerário, quando foi preso e condenado a 12 anos de reclusão, pelo crime de extorsão mediante sequestro – ART. 159, § 1° DO CP. Em 10/12, saiu em liberdade no sistema semiaberto, do Instituto Penal Candido Mendes, e possui uma tornozeleira eletrônica para monitoramento pela Justiça,

 Quem tiver qualquer informação a respeito da localização Paulo Roberto Soares, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram dos Procurados (21) 96802-1650; pelo facebook/(inbox), endereço: www.facebook.com/procurados.org, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo aplicativo do DD. Em todos os canais de denúncias, o anonimato é garantido.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*