Prandelli se irrita com negativa por reforços e deixa o Sevilla após três meses

A passagem do técnico italiano Cesare Prandelli no Valencia durou apenas três meses. O treinador pediu demissão e comunicou à direção do clube para negociar a rescisão de seu contrato. Prandelli tomou a decisão após solicitar reforços, mas ter ouvido que o clube não teria condições de trazer os atletas por conta do Fair Play financeiro.

Desde que chegou ao Valencia, Prandelli comandou o clube em oito jogos, tendo conseguido apenas uma vitória. O Valencia ainda empatou três vezes e perdeu quatro jogos. Com apenas 12 pontos conquistados o time está na 17ª colocação do campeonato espanhol.

O Valencia vai voltar a campo apenas após as férias de final de ano, no dia 9 de janeiro, contra o Osasuna, fora de casa. A expectativa é de que Curro Torres, treinador da base, assuma o cargo de maneira interina.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here