Prefeito de Caracas volta à prisão domiciliar; jurista pede proteção ao Chile

O prefeito de Caracas, Antonio Ledezma, retornou à prisão domiciliar com o aval do Serviço de Inteligência da Venezuela, o mesmo que tinha levado o político à penitenciária em 1º de agosto, informou nesta sexta-feira sua mulher, Mitzy Capriles, pelo Twitter.

“Informo ao país que há minutos, supreendentemente, Antonio foi trazido pelo Serviço Bolivariano de Inteligência (Sebin) à nossa residência. Volta para casa a fim de cumprir sua pena”, escreveu Mitzy na conta do Twitter de seu marido.

Segundo ela, Capriles “disse, ao entrar em casa, que retorna com a angústia de saber que Leopoldo [López} e mais de 600 presos políticos continuam atrás das grades”. López é ex-prefeito do município de Chacao, que é parte de Caracas.

Agência Brasil

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*