Preparador físico do Bota diz que jogadores tem que trabalhar lado psicológico

Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo.
Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo.

Com a paralisação de uma semana de todas as atividades do Campeonato Brasileiro por conta da tragédia com o voo da Chapecoense, que gerou uma enorme comoção em todo o mundo do futebol, o Botafogo tentará manter os atletas em condições de jogo para a última rodada do Brasileirão, já que a partida vai acontecer num período em que os atletas estariam de férias, no próximo dia 11 de dezembro.

O preparador físico Ednílson Sena comentou sobre o trabalho que será feito com os atletas nesse momento. De acordo com o profissional, primeiramente é preciso trabalhar o lado psicológico, já que muitos estão ainda bastante abalados, já que tinham amigos na Chapecoense. 

“Nesse momento nós vamos procurar trabalhar mais o lado psicológico. Devemos fazer com eles um jogo-treino no sábado para que os jogadores não percam o ritmo de competição”, afirmou Ednílson Sena.

Com o tempo a mais de preparação, o Botafogo pode contar com um reforço na última rodada, quando vai enfrentar o Grêmio, em Porto Alegre. O lateral direito Alemão, que teve uma lesão no tornozelo direito, mostrou recuperação e pode atuar contra os gaúchos.

“O Alemão vem treinando desde sexta. No começo dessa semana ele voltou a campo e a tendência é de que possa estar liberado na próxima segunda. Existe uma possibilidade (de jogar)”, finalizou.

Deixe uma resposta