Presépios de 20 países integram exposição em São Paulo

O Santuário São Francisco de Assis abre neste sábado (3), na capital paulista, a exposição de presépios vindos de 20 países, como França, Bolívia, México, Rússia, Itália, Alemanha e Israel. Nesta 27ª edição, que tem como tema “A paz entre os povos”, são apresentados 59 presépios.

As obras fazem parte de acervo de colecionadores internacionais e da coleção franciscana, que tem mais de 800 presépios que trazem, a partir das visões de artesões das diferentes nacionalidades, a famosa cena do menino Jesus na manjedoura, ao lado de Maria e José.

As obras são confeccionadas em papel machê, madeira, porcelana, biscuit, gesso, pedras e barbante trançado. Frei Alvaci Mendes da Luz, pároco e reitor do Santuário São Francisco, explica que as diferentes culturas são representadas sob a ótica de cada lugar do mundo.

“Tem um presépio da patagônia chilena, com representações da patagônia, tem urso polar, a sagrada família dentro de um iglu, com gelo, frio. Temos um presépio do Rio Grande do Sul, com trajes típicos gaúchos. O José com roupa de gaúcho, Nossa Senhora com roupa da prenda, os reis magos com cavalos, em vez de camelos”, disse o frei.

Tradição do calendário natalino em São Paulo, a exposição é organizada há 27 anos. A escolha do santuário, de São Francisco de Assis, é porque o santo foi o primeiro a montar um presépio na forma conhecida hoje. A ideia surgiu enquanto o santo lia, numa de suas longas noites dedicadas à oração, um trecho bíblico que narrava o nascimento de Cristo.

Entre o público esperado, que chega a 10 mil pessoas em cada edição, não estão apenas crianças. “As crianças gostam bastante porque remetem ao infantil, as representações bem coloridas, alegres, mas os adultos também gostam bastante porque lembra a questão da fé, da família, relembram as tradições antigas das suas famílias. É um público variado”, disse o frei.

Na abertura da exposição, sábado (3), haverá um recital de flauta doce, às 14h30, e um recital de músicas natalinas, às 16h30. A abertura oficial será no intervalo das duas apresentações, após a missa das 15h.

A exposição segue até 8 de janeiro. Funciona de terça a sábado, das 9 às 17h, e aos domingos, das 8 às 13h. O endereço é Largo São Francisco, número 133, no centro. A entrada é gratuita e mais informações no site do convento.

Agência Brasil

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*