Presidente da Conmebol quer Copa com 48 seleções já a partir de 2022

Foto: Conmebol.com
Foto: Conmebol.com

A Fifa tem um projeto de colocar 48 seleções na Copa do Mundo a partir de 2026, mas no que depender de Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol, o Mundial já pode ter mais seleções na próxima edição: em 2022, no Catar. O mandatário citou a possibilidade no 68º Congresso Ordinário da Entidade, em Buenos Aires e destacou que todas as federações da América do Sul são favoráveis ao aumento.

“Como nós pensamos grande e porque queremos fazer justiça, quero fazer a entrega de uma carta de solicitação assinada pelos dez países da Conmebol para que o Mundial de 2022 se jogue com 48 equipes”, afirmou Domínguez.

Outro desejo do mandatário é fazer com que a Copa de 2030 seja disputada na América do Sul. Na ocasião, o Mundial estará completando 100 anos de sua primeira edição, que foi no Uruguai. O objetivo é fazer com que o país receba novamente a competição junto com a Argentina.

“Estamos pedindo que o mundial volte a sua casa quando a Copa completará 100 anos”, disse o mandatário, referindo-se à primeira edição do torneio, disputado e vencido pelo Uruguai, em 1930.

As duas propostas da Conmebol serão estudadas pela Fifa e ficarão sob análise para uma definição.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*