Presidente do Atlético-MG perde a paciência com o time: “acabou a brincadeira”

A derrota por 2 a 0 para o Coritiba neste domingo (06), no Couto Pereira, não repercutiu bem no Atlético-MG. Com o resultado negativo, a equipe perdeu a chance de voltar a figurar entre os três primeiros do Campeonato Brasileiro. A paciência do presidente Daniel Nepomuceno com o elenco parece ter acabado e o mandatário soltou o verbo em entrevista à “Rádio Itatiaia”.

“Ridículo o jogo. Essa postura é inadmissível. Passadas essas 48 horas de folga, acabou a brincadeira, tem que mudar a postura, tem que querer ganhar sempre. E vamos cobrar sempre. Investimento que foi feito, desde a comissão técnica até o roupeiro do Atlético sabem ganhar, foram campeões”, disse o presidente, que completou.

“Agora é isso, não vai ter folga, não. Folga nenhuma. É inadmissível ficar fora desse G-3, é inadmissível perder esse título. É cobrar, cobrar e cobrar”, comentou Nepomuceno.

Atualmente o Atlético-MG ocupa a quarta colocação do Campeonato Brasileiro com 60 pontos, três a menos do que o Flamengo, que está em terceiro. O time ainda pode ser campeão nacional no ano já que está na decisão da Copa do Brasil contra o Grêmio. Os jogos serão disputados nos dias 23 e 30 de novembro, com o jogo da volta sendo em Porto Alegre.

Deixe uma resposta