Putin recebe Le Pen e promete não interferir em eleições

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, recebeu na manhã desta sexta-feira (24), pela primeira vez no Kremlin, a líder do Partido Frente Nacional (FN) e candidata à presidência da França, a ultracionalista Marine Le Pen.

Segundo declarações divulgadas pelas agências locais, Putin, assegurou, no entanto, que a “Rússia não interferirá na eleição”. “Não queremos influenciar os acontecimentos de forma nenhuma, mas nos reservamos o direito de falar com representantes de todas as forças políticas daquele país”, afirmou o russo.

“É interessante discutir a forma de desenvolver nossas relações bilaterais e a situação da Europa. Sei que a senhora representa um espectro político europeu que evolui muito rápido”, acrescentou o chefe de Estado se dirigindo a francesa.
Durante o encontro, Le Pen ainda explicou aos parlamentares russos seus motivos para se opôr às sanções aplicadas pela União Europeia (UE) a Moscou por seu papel na crise da Ucrânia, e também falou que a Rússia precisa se unir aos franceses na luta contra o terrorismo.

Para a imprensa, a candidata afirmou que o objetivo de sua visita ao país não foi para aumentar suas chances eleitorais. De acordo com as pesquisas de opinião, a líder da extrema-direita francesa chegará ao segundo turno decisivo da eleição que acontece no dia 7 de maio, mas perderia para o candidato centro-esquerda Emmanuel Macron. O encontro entre Putin e Le Pen acontece em meio a temores da União Europeia (UE) de que o governo russo tente interferir em eleições em favor de candidatos de extrema direita.

Recentemente, nos Estados Unidos, os serviços de inteligência acusaram o Kremlin de ter sido responsável por ciberataques durantes as eleições presidenciais favorecendo o magnata republicano Donald Trump. No entanto, o país nega todas as acusações.

ANSA

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here