Raikkonen critica pneus da F1 após acidente em Interlagos

Kimi Raikkonen sofreu bastante com a forte chuva que caiu durante o último domingo, no GP do Brasil de Fórmula 1. O piloto da Ferrari acabou rodando na reta dos boxes, bateu contra o muro e teve que abandonar a corrida. O fato fez o finlandês criticar fortemente os atuais pneus da categoria.

“Esses pneus são muito fáceis de aquaplanar. Nós dissemos isso várias vezes anteriormente, mas é óbvio que depende do circuito e de muitas coisas. Se você comparar com os de 12 anos atrás, aqueles pneus poderiam segurar esse tipo de chuva sem problemas de aquaplanagem. Parece que se você correr com a pista um pouco molhada, você vai ter aderência zero”, disse Raikkonen.

A corrida no Brasil foi paralisada em diversas oportunidades por conta da chuva e a decisão dos organizadores gerou revolta no paddock. Mesmo com o clima não tão extremo assim, muitos pilotos acabaram rodando. Para Raikkonen, isso tem um motivo.

“Não estava chovendo muito forte, mas era muito fácil de aquaplanar. Apenas derrapei em um lugar que não esperava, acabei abandonando, mas ninguém me atingiu. O problema é a aquaplanagem. Com a água acumulada não há nada que você possa fazer”, finalizou o finlandês.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here