Reforço do São Paulo, meia diz que só aceitou deixar a Bolívia por “proposta irrecusável”

Contratado pelo São Paulo, o meia brasileiro Thomaz de adeus ao Jorge Wilstermann, da Bolívia. O brasileiro de 30 anos falou sobre a proposta do tricolor e a oportunidade de voltar ao país. Ao todo, o clube do Morumbi desembolsou US$ 80 mil (quase R$ 250 mil) para fechar o negócio e vai pagar salário de R$ 50 mil. Thomaz se destacou pelo clube boliviano na Libertadores, quando enfrentou Peñarol e Palmeiras.

“Estou muito contente pelo que passou, mas estou deixando o clube em um momento em que estamos bem na Copa Libertadores e temos chance de conquistar coisas importantes. A verdade é que surgiram muitas ofertas e essa foi irrecusável. Falei com a minha família, é uma segurança para os meus parentes, para os meus filhos. Sabemos que jogador de futebol não vai jogar para sempre, então é preciso ter segurança. Eu não estou saindo por qualquer coisa, não iria deixar o Wilstermann por qualquer coisa”, disse Thomaz.

A expectativa é de que Thomaz possa ser inscrito no mata-mata do Campeonato Paulista. Porém, ainda não há data para ele ser apresentado oficialmente no clube. O meia assinou um contrato de três anos com o São Paulo.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*