Rio entra em estágio de atenção por de conta chuvas

Foto: Divulgação/Centro de Operações

A cidade do Rio de Janeiro entrou em em estágio de atenção às 13h25 desta quinta-feira (15) por conta de chuvas forte e moderada. De acordo com o Centro de Operações da Prefeitura, o fenômeno acontece devido à presença de áreas de instabilidade formadas pela atuação de um sistema de baixa pressão na costa do município. 

O tráfego de veículos na Avenida Brasil já está sendo prejudicado. A via é a principal ligação do centro com a zona oeste, com 54 quilômetros de extensão. Na zona portuária, no bairro do Caju, há pontos de alagamento. A chuva também atinge a área central da cidade, como a Lapa,

A zona portuária e o Aterro do Flamengo, que liga a zona sul ao centro da cidade, e também o bairro da Urca, na zona sul. A chuva provocou o fechamento do aeroporto Santos Dumont, por 45 minutos, que já foi reaberto para operações de pouso e decolagem. Dois voos já foram cancelados.

A estação meteorológica do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou rajada de vento forte na estação Marambaia, na zona oeste, com 52,9 quilômetros por hora (km/h), às 13 horas.

A prefeitura recomenda que a população tome as seguintes ações preventivas:

– Permaneça ou procure um local seguro. Evite áreas sujeitas a alagamentos e/ou deslizamentos;

– Verifique se há sinais de rachaduras em sua residência. Ao perceber trincas ou abalo na estrutura, acione a Defesa Civil pelo número 199 e evite ficar em casa;

– Moradores de áreas de risco precisam ficar atentos aos alertas sonoros. O acionamento das sirenes indica perigo de deslizamento. As pessoas devem se deslocar para os pontos de apoio estabelecidos pela Defesa Civil Municipal. Os locais são informados pelo número 199;

– Redobre atenção ao dirigir. Em caso de chuva, as pistas ficam escorregadias e podem conter bolsões d’água. Mantenha os faróis acesos;

– Em casos de ventos fortes e/ou chuvas com descargas elétricas, evite ficar próximo a árvores ou em áreas descampadas;

– Evite colocar o lixo nos pontos de coleta. A água da chuva pode levar o lixo a entupir bueiros e galerias;

– Fique atento às informações divulgadas pelos veículos de comunicação;

– Se necessário, use os telefones de emergência 193 (Corpo de Bombeiros), 199 (Defesa Civil) ou 1746 (Central de Atendimento da Prefeitura);

Com informações da Agência Brasil

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*