Roma e Milão são cidades com melhor ensino médio da Itália

Duas escolas em Roma, a Tasso e a Mamiani, e outras duas em Milão, a Parini e a Berchet, foram mais uma vez escolhidas as instituições com o melhor ensino médio da Itália, de acordo com o resultado da segunda edição anual da classificação Eduscopio, realizada pela Fondazione Agnelli.

O ranking, para o qual o instituto de pesquisas avaliou 4.378 escolas e entrevistou mais de 700 mil alunos, chegou à conclusão que os colégios públicos continuam sendo os com as melhores pontuações, principalmente as instituições históricas e as científicas, que trocaram o latim pelas ciências aplicadas.

Entre as exceções, está, por exemplo, a Sacro Cuore, escola particular e católica que foi a melhor colocada na região da Lombardia. “A classificação Eudoscopio-Fondazione Agnelli sobre os melhores ensinos médios da Itália oferece alguns elementos importantes de reflexão”, disse a deputada do Forza Italia Elena Centemero.

“O fato de que nos primeiros lugares sempre se encontram as mesmas escolas, em uma tradição consolidada, reforça o dever de se esforçar para que, do centro à periferia, de norte a sul, se atinja uma homogeneidade na qualidade da oferta educacional, sem abaixar o nível, para que assim esses estudantes possam ter realmente as mesmas oportunidades de revelar seus próprios talentos”, afirmou a política italiana.

Sobre a escola Sacro Cuore, na Lombardia, Centemero disse “que o primeiro lugar na classificação [na região] ser de uma escola particular confirma a qualidade oferecida por esse [tipo de] instituto e a sua importância para o sistema integrado de educação”.

ANSA

Deixe uma resposta