Rosberg não descarta retorno como chefe de equipe, mas quer se dedicar à filantropia

Atual campeão mundial de Fórmula 1, o alemão Nico Rosberg não vai poder defender o título nesta temporada, já que optou pela aposentadoria menos de uma semana após ter garantido a conquista. Agora o alemão tem se dedicado a projetos sociais e assim quer seguir durante bom tempo de sua vida.

No entanto, um retorno ao mundo da Fórmula 1 não está descartado. Rosberg não deseja voltar novamente como piloto, mas deixou em aberto a possibilidade de se tornar um chefe de equipe.

“Não digo que não [vá ser chefe de equipe no futuro]. Muita coisa é possível, mas agora estou preocupado em meus projetos sociais. Crianças e gente menos privilegiada, isso significa muito para mim”, seguiu.

“Uma [oportunidade de voltar para o esporte] seria ajudar outros pilotos a ter êxito, num papel conselheiro e representante. Consegui tudo o que queria. Minha nova vida também é algo que quero dominar para ter sucesso”, encerrou Rosberg.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here