Rueda sobre empate na Sul-Americana: “as vezes é preciso guerrear”

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo
Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

O Flamengo até criou chances, não muitas, mas não conseguiu sair do 0 a 0 diante da Chapecoense, na Arena Condá, pelo primeiro jogo da fase de oitavas de final da Copa Sul-Americana. Com o resultado, o rubro-negro agora terá que jogar por uma simples vitória diante do mesmo adversário na próxima quarta-feira (20), na Ilha do Urubu.

Após a partida o técnico Reinaldo Rueda avaliou a partida e a atuação de sua equipe. Para o treinador colombiano, o Fla não soube atuar nesse tipo de partida internacional. Faltou, de acordo com ele, mais briga e mais competição.

“Nos falta muito. Essas partidas de Sul-Americana, às vezes são para guerrear, e o Fla quer jogar bonito sempre. Partidas internacionais, às vezes não se joga, se compete. E o Flamengo tem que diagnosticar isso”, avaliou Rueda.

No jogo contra a Chapecoense, o meia Éverton saiu machucado ainda no primeiro tempo e deu vaga a Vinícius Júnior. O jogador será reavaliado para saber suas reais condições. A participação do camisa 22 neste domingo (17), diante do Sport, na Ilha do Urubu, ainda é incerta.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*