São Paulo registra o sexto mês de junho mais chuvoso

Os primeiros sete dias do mês de junho já superam em 51% o volume de chuva esperado em São Paulo para todo o mês, de acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE). Choveu 77 milímetros (mm), sendo que a média esperada é de 51 mm. Este já é o sexto junho mais chuvoso da série histórica do CGE.

Apenas na madrugada de hoje (7), o volume de chuva foi de 12,8 mm. Houve tempestade e fortes pancadas, acompanhadas de rajadas de vento que chegaram a 53,7 quilômetros por hora. O mês passado também foi o segundo mais chuvoso da série histórica, com 144,4 mm, 160% acima da média.

Adilson Nazário, técnico em meteorologia do CGE, explica que as chuvas intensas são provocadas pela ausência de bloqueios atmosféricos. Assim, as condições como frente fria, sistemas frontais e áreas de baixa pressão têm trânsito livre, facilitando a ocorrência de chuvas.

Na capital, foi registrado um ponto de alagamento na Avenida das Nações Unidas, na zona sul. O Corpo de Bombeiros resgatou na tarde de ontem, às 15h, dois feridos no desabamento de um muro em Pirituba. O helicóptero Águia auxiliou no socorro, na Rua Centenário do Sul.

A previsão é de que a chuva diminua hoje, mas retorne na sexta-feira (9) com a passagem de uma nova frente fria por São Paulo. Predomina uma massa de ar frio e seco, que deixa o céu com poucas nuvens. As temperaturas devem cair para 8ºC, principalmente nas madrugadas de sábado (10), domingo (11) e segunda-feira (12).

Agência Brasil

 

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*