Sem-teto desocupam sede da CDHU em São Paulo

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) deixaram a ocupação na sede da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), no centro da capital paulista, no início da tarde. A ocupação ocorria desde as 10h25 de hoje (19).

De acordo com o movimento, houve uma reunião com o secretário estadual da habitação, Rodrigo Garcia, da qual saiu um acordo e algumas demandas apresentadas pelo MTST serão atendidas. Entre as solicitações estão a regularização de algumas famílias no projeto de habitação do estado e a negociação de terrenos.

Em nota, a secretaria confirmou a realização do encontro e disse que os representantes do movimento foram informados do compromisso do governo do estado em manter o programa Casa Paulista com aportes ao programa Minha Casa, Minha Vida.

A secretaria disse ainda que “houve um aumento de 37,8% de moradias entregues no ano passado no estado, em comparação com 2015”.

Despejo

Na última terça-feira (17), a Polícia Militar (PM) realizou uma reintegração de posse em terreno na zona leste da cidade, com uso da Tropa de Choque, gás de pimenta e bombas de gás lacrimogêneo.

No terreno particular, onde foram construídas casas de alvenaria e de madeira, moravam 700 famílias, de acordo com o movimento. O local estava ocupado há um ano e meio. Segundo as famílias, a área estava abandonada há 40 anos. Durante a reintegração, o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, foi detido e solto no mesmo dia.

Agência Brasil

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*