Sobrevivente do voo da Chapecoense, Neto enaltece luta por manutenção na Série A

Depois do trágico acidente ocorrido no ano passado, quando a delegação estava a caminho de Medellín, na Colômbia, para disputar a decisão da Copa Sul-Americana, a Chapecoense precisou reformular todo o seu departamento de futebol, além dos atletas. O time sofreu um pouco na readaptação e no entrosamento, mas tem conseguido se manter fora da zona de rebaixamento, um feito importante para o clube.

O zagueiro Neto, que sobreviveu ao acidente de novembro do ano passado, destacou o orgulho que está sentindo neste momento.

“Sinceramente, estou orgulhoso com a Chapecoense, dos jogadores que lá estão. Só quem é atleta de futebol sabe que não é fácil você montar um time em um ano, jogar o Campeonato Brasileiro e permanecer. Os atletas que lá estão têm guerreado, estão fazendo de tudo para que a equipe permaneça. Será um ano difícil, porque nossa luta é essa, contra o rebaixamento, mas creio e tenho fé em Deus que a Chapecoense possa permanecer. Como sou atleta, já estava ciente que seria muito difícil este ano. Mas creio que os jogadores estão se dedicando e vão lutar com unhas e dentes para seguir a primeira divisão. Que no ano que vem tenhamos um ano melhor”, disse Neto.

A Chape chegou a ficar no Z4, mas venceu os dois últimos jogos que disputou e agora tem 31 pontos e está na décima colocação da competição. O próximo adversário será o Vasco, no sábado (30), às 16hs (de Brasília), em São Januário.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*