STJD aplica punição de um jogo ao zagueiro Rodrigo, que empurrou Milton Mendes

O zagueiro Rodrigo, da Ponte Preta, foi denunciado no artigo 254-A (agressão) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva por conta da sequência de empurrões que deu no técnico Milton Mendes, do Vasco, após o jogo entre as equipes, em Campinas, pelo Campeonato Brasileiro. A defesa do jogador conseguiu desqualificar a denúncia para o artigo 250 (ato hostil) e Rodrigo pegou apenas uma partida.

Desta forma, o defensor não vai encarar o Botafogo no domingo (20), às 16hs (de Brasília), no Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Durante o julgamento, o zagueiro deu mais detalhes da situação:

“Eu estava me despedindo dos meus ex-companheiros. Se eu não me engano, estava acabando de dar um abraço no Jean (volante) e ele (Milton) chegou encostando meio forte, com a mão no meu pescoço. Já chegou falando coisas, me assustei um pouco e falei: ‘tira a mão de mim’. E aí depois ele começou a falar: ‘Eu que te tirei do Vasco, você é sem vergonha… E eu falei: ‘Vai para o seu vestiário. Sai daqui’. E foi aí que começou a me chamar de filho da p…, safado, começou a xingar minha família… E eu disse: ‘Fala de novo’. Mas não foi algo que eu fui para bater. A única coisa que eu pensei foi no sentido dele sair dali”.

O técnico Milton Mendes, do Vasco, não compareceu ao julgamento devido ao treinamento da equipe, em São Januário. Nenhum advogado do cruzmaltino compareceu.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*