Terremoto na Itália pode ter afundado solo em mais de 25 cm

O terremoto de magnitude 6.5 na escala Richter que atingiu a região central da Itália no último domingo (30) pode ter afundado o solo das áreas afetadas em mais de 25 centímetros. O número foi divulgado por Simone Atzori, pesquisador do Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (INGV), com base em imagens de satélite das zonas atingidas. “Estamos elaborando as imagens, mas esperamos um afundamento do solo superior aos eventos sísmicos precedentes, de 24 de agosto e 26 de outubro, que tiveram picos de 20 a 25 centímetros”, disse.

No tremor de dois meses atrás, que matou 298 pessoas, o solo de Accumoli, uma das cidades mais danificadas, sofreu um rebaixamento de 20 centímetros. No último domingo, o epicentro do sismo foi registrado a 10 km de profundidade em uma região a sudeste de Norcia, município de quase 5 mil habitantes situado na região da Úmbria.

Accumoli e Norcia estão a apenas 50 km de distância, em uma área que tem sofrido com atividades sísmicas constantes nos últimos anos. “Uma vez que o mecanismo na base dos três terremotos é análogo, esperamos efeitos similares aos dos outros dois eventos, mas amplificados pelo tremor mais forte”, acrescentou Atzori. O terremoto de 30 de outubro teve magnitude 6.5, contra 6.0 do de 24 de agosto e 5.9 do sismo de 26 de outubro.

ANSA

Deixe uma resposta