Tormenta Nate avança e deixa 25 mortos na América Central

A tormenta tropical Nate provocou estragos na América Central e deixou ao menos 25 mortes, ao passar sobre Honduras, Costa Rica e Nicarágua. Hoje (6), Nate avança sobre a Província mexicana de Yucatán e deve se transformar em furacão categoria 1, com ventos de até 150 quilômetros por hora, no mar do Golfo do México, antes de chegar à região de Nova Orleans, Lousiana, nos Estados Unidos na madrugada de amanhã (7).

Em sua passagem pela América Central, a tormenta tropical atingiu ventos de até 65 km por hora. O país mais afetado foi a Nicarágua com 11 mortos e sete desaparecidos. Cerca de 10 mil pessoas tiveram casas danificadas. Na Costa Rica, oito pessoas morreram, e ainda há registro de 15 desaparecidas segundo o governo, que declarou estado de emergência.

Na Costa Rica 5 mil pessoas deixaram as casas e foram para abrigos. Na região, entre quarta-feira e ontem (5), o volume de água foi 215 litros por metro quadrado, de acordo com o Instituto de Meteorologia costarriquenho. O aeroporto internacional de San José, capital do país, teve voos internacionais interrompidos.  

Se realmente subir de categoria, Nate vai se tornar o décimo quarto furacão na temporada de deste ano no oceano Atlântico. Os ventos devem atingir Nova Orleans, no sul dos Estados Unidos, no sábado. Mas a previsão é que o furacão se enfraqueça e volte à categoria de tormenta.

As previsões são de que Nate atinja, além de Lousiana, o golfo norte da Flórida, Alabama, Mississipi e Geórgia, entre amanhã e até o começo da semana que vem.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*