Uma vida boa no Solar de Botafogo

Foto divulgação

Baseado em um caso real ocorrido nos Estados Unidos em 1993, “Uma vida boa” conta a história de B., que nasceu mulher e assumiu uma identidade masculina. A peça encena as consequências dessa decisão, que acabou por levar ao assassinato da protagonista. A história que deu origem a “Uma vida boa” também inspirou o filme “Meninos não choram”, que rendeu a Hillary Swank o Oscar, o Globo de Ouro e o Bafta de melhor atriz em 2000.

Texto: Rafael Primot
Direção: Diogo Liberano
Elenco: Amanda Mirasci, Daniel Chagas, Julianne Trevisole

Serviço:

Centro Cultural Solar de Botafogo – Rua General Polidoro  180 – Botafogo

Temporada: Até 19 dez 2016
Horário: seg e sáb 21h | dom 20h
Ingresso: R$ 40

Classificação: 16 anos

Informação: (21)2543.5411

 

Deixe uma resposta