Vendas de Natal em supermercados devem crescer 8% no Rio

A Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (Asserj) estima que as vendas no Natal no estado do Rio crescerão na faixa da inflação, que em setembro totalizou 8,48% no acumulado em 12 meses, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Já o preço da cesta natalina deverá se manter estável. Os produtos nacionais, como aves e carnes, ficarão mais custosos por causa do preço dos insumos de produção; e os produtos importados como o bacalhau, bebidas (vinhos e espumantes), nozes, frutas secas e cristalizadas, deverão apresentar redução de preço, por causa da baixa do dólar.

O presidente da Associação dos Supermercados, Fábio Queiróz, dá dicas para os consumidores fazerem boas compras para as festas de final de Ano, no Natal e Ano Novo.

“Para economizar, o consumidor deve ficar atento às promoções e ter paciência para pesquisar preços em mais de um estabelecimento. As marcas próprias dos supermercados também são boas alternativas de economia, pois são de qualidade e oferecem ótimos descontos”, afirmou.

Atualmente, o setor supermercadista gera 200 mil empregos diretos e 300 mil indiretos, em todo o estado do Rio de Janeiro. De acordo com a Asserj, não há registro de demissões em larga escala entre suas 450 empresas associadas, que totalizam mais 1800 lojas distribuídas pela região fluminense.

Agência Brasil

Deixe uma resposta