Vettel admite ano ruim da Ferrari, mas aponta que críticas são injustas

Com Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel formando a sua dupla titular de pilotos, a Ferrari via a temporada de 2016 como uma grande possibilidade de garantir o título de construtores. No entanto, a equipe italiana não conseguiu ter um bom desemepnho e, perto do final da temporada, ainda está brigando com a RBR pelo segundo lugar na classificação de construtores.

Raikkonen e Vettel não conseguiram vencer nenhuma corrida até aqui e viram a Mercedes de Rosberg e Hamilton disparar na frente. Com uma desvantagem de mais de 200 pontos em relação a principal rival, a Ferrari foi alvo de críticas. Em entrevista a revista “Autosport”, Vettel confirmou que a equipe encontrou dificuldades, mas negou que tenha ficado muito atrás.

“Se você olhar para a vantagem da Mercedes, está relativamente estável. Em algumas corridas estamos mais próximos, em outras nós estamos mais distantes. Podemos dizer que em classificação a vantagem deles é grande, e nas corridas diminui um pouco. Mas não é justo dizer que estamos muito atrás, 0s15 não é nada muito grande. É justo dizer que estamos no nível da RBR, e recuperar o segundo lugar no Campeonato de Construtores vai ser nossa meta”, disse Vettel.

Atualmente a RBR tem 385 pontos contra 335 da Ferrari. A escuderia italiana terá quatro etapas para tentar recuperar a diferença de 50 pontos. O próximo encontro nas pistas está marcado para o domingo (23), no GP dos Estados Unidos, no Circuito das Américas.

Joias Nativas

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

*